ANNT autoriza reajuste no preço do pedágio nas BRs 060, 153 e 262

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou aumento na tarifa básica de pedágio das BRs 060, 153 e 262, trecho de estradas que cortam o Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais. O trecho, administrado pela Concessionária de Rodovias Centrais do Brasil (Concebra), teve o reajuste foi autorizado ontem (26), e os novos valores estão valendo a partir de hoje (27).

O reajuste vale para os veículos da categoria 1, que abrange automóveis, caminhonetes e furgões e abrange todas as praças de pedágio. Na praça de Alexânia, o valor do pedágio passa de R$ 4,30 para R$ 5,30; em Goianápolis, de R$ 3,10 para R$ 3,90; em Piracanjuba e Professor Jamil, a tarifa passa de R$ 4,60 para R$5,70.

O aumento médio nos valores é de 25%. De acordo com a ANTT, o aumento foi concedido em parte para compensar do ônus causado pela Lei do Caminhoneiro (nº 13.103 de 2015), que aumentou margem de tolerância de peso dos veículos de carga de 5% para 10% do peso bruto por eixo.

A legislação estabelece que as concessionárias têm que investir mais em obras de conservação e recuperação asfáltica, devido ao sobrepeso dos caminhões de carga.

O reajuste do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) também foi levado em consideração para o reajuste.




%d blogueiros gostam disto: