Após atropelamento, prefeitura de São Paulo multa organizador de evento de skate

A Prefeitura Regional Sé, da prefeitura da capital paulista, informou hoje (27), em nota, que multou em R$ 20 mil o responsável pelo evento Go Skate Day Brazil, ocorrido no último domingo. A justificativa da multa, segundo a prefeitura, foi o início do evento antes do horário autorizado.

“A iniciativa de dar inicio antes do horário combinado causou transtornos à logística e ao planejamento das ações realizadas para garantir a segurança dos participantes. Estamos apurando se houve a participação de outros grupos, mobilizados por meio de redes [sociais]. Caso comprovado, esses também serão multados”, disse a prefeitura regional em nota.

No evento, vários skatistas foram atropelados pelo motorista Ariovaldo Ferreira, que subiu a Rua Augusta em alta velocidade no sentido contrário dos participantes da passeata. Ao menos três pessoas ficaram feridas sem gravidade.

A organização do evento divulgou, em sua página do Facebook, o documento de autorização da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para a passeata, em que consta que às 9h30 as vias seriam bloqueadas e às 10h30 o passeio teria início.

“É lamentável que a prefeitura de São Paulo, mesmo com esse documento que comprova que a CET já deixaria a Rua Augusta inteiramente bloqueada às 9h30, e que o atropelamento aconteceu dentro de um horário de responsabilidade da CET”, diz a nota.

Os organizadores defendem que os culpados pelo ocorrido são o motorista e a CET. “A CET interditaria a rua às 9h30, o acidente aconteceu às 9h48, isso isenta totalmente a organização do evento de possíveis multas”, disse o organizador do evento, Danilson Feitosa Maciel.

O motorista deve ser indiciado por lesão corporal dolosa, fuga do local do acidente e periclitação da vida e da saúde. Segundo a polícia, ele vai responder em liberdade.




%d blogueiros gostam disto: