Polícia do Rio prende quadrilha por vender imóveis da Caixa que iriam a leilão

A Polícia Civil do Rio de Janeiro desmantelou hoje (12) uma quadrilha de estelionatários que oferecia, pela internet, imóveis que seriam leiloados pela Caixa Econômica Federal. Sete pessoas foram presas.

De acordo com a investigação, por meio da empresa Brado Imóveis, a quadrilha anunciava casas e apartamentos da Caixa com descontos de até 70% em relação ao preço de mercado. Os valores eram depositados pelas vítimas dos golpes em contas dos suspeitos. O esquema rendeu mais de R$ 10 milhões aos estelionatários, segundo a polícia. A quadrilha atuava no Rio, em municípios da Baixada Fluminense e em Niterói, na região metropolitana.

A investigação começou após denúncia de uma das vítimas do golpe, Weslei Cardoso Monteiro da Silva, que foi ontem à delegacia.

Os mandados de busca e apreensão e de prisão foram expedidos nesta quarta-feira e os agentes conseguiram prender os integrantes da quadrilha em flagrante, quando tentavam vender um imóvel fraudado para um deficiente visual.




%d blogueiros gostam disto: