Ventos fortes devem continuar no sul da Califórnia e impedir combate a incêndios

Fogo atinge fazenda durante incêndio florestal na Califórnia

Incêndio atinge fazenda na Califórnia REUTERS/Jonathan Alcorn

A previsão do tempo para hoje (8) é de que os ventos devem continuar atuando no sul da Califórnia, o que impede o combate dos focos de incêndio que atingem  a região. Mais de 110 mil pessoas receberam ordem de saída obrigatória em San Diego, Santa Ana e Riverside nessa quinta-feira (7). Mais de 150 mil hectares foram queimados na região de Los Angeles e San Diego.

San Diego continua em estado de emergência, declarado pelo  governador da Califórnia, Jerry Brown, nessa quinta-feira. Vinte prédios foram destruídos e 1.000 estão ameaçados. Em Los Angeles, 15 mil casas estão ameaçados pelo fogo. Mais de 5 mil bombeiros  trabalham para tentar controlar o incêndio. 

A Hiqh Way 76, todovia que liga San Diego ao centro do estado, foi fechada em ambos os sentidos. Além do fogo, a fumaça é extremamente perigosa à saude dos moradores. Imagens das redes de televisão americanas e vídeos de internautas mostram o céu cinza e as chamas dos focos de incêndio.

Segundo o governo estadual, não houve registro de vítimas. O Departamento de Floresta e Proteção informou que pelo menos seis grandes incêndios estavam ativos na noite de ontem, com ventos de 130 quilômetros por hora, na direção oeste.

Ken Pimlott, diretor do órgão, disse que a dificuldade para controlar os incêndios ocorre por causa dos ventos muito velozes e prolongados, que não dão “trégua”. Em entrevista ao jornal Los Angeles Times, ele afirmou não que há como combater o fogo com esse tipo de vento.

Os primeiros focos de incêndio começaram na segunda-feira (4), nas proximidades de Los Angeles. A maioria foi controlada, mas novos focos se espalharam rapidamente com o vento forte dessa quinta-feira, indo em direção ao sul e ao oeste.




%d blogueiros gostam disto: