Corpo de vice-prefeito do Rio será velado no Palácio da Cidade

O corpo do vice-prefeito do Rio, Fernando Mac Dowell, 72 anos, será velado amanhã (22), das 9h às 14h, no Palácio da Cidade, sede da prefeitura, em Botafogo, zona sul da capital fluminense. O enterro será às 15h, no Cemitério São João Batista, no mesmo bairro. O engenheiro morreu na noite de ontem (20), devido a complicações decorrentes de um infarto, no Hospital Vitória, onde estava internado desde a semana passada.

O prefeito Marcelo Crivella disse, em nota, que “hoje, o Rio amanheceu triste”. “Nos últimos minutos de ontem, a morte nos deixou imenso pesar quando arrebatou o amigo, o servidor do povo, o carioca genuíno, honesto, humilde e modesto, cuja alma fraterna conquistou admiradores. A inteligência rara, com fulgor, o colocou na aristocracia da engenharia nacional”.

Morre vice-prefeito do Rio, Fernando Mac Dowell

Vice-prefeito do Rio, Fernando Mac Dowell, será velado amanhã – Prefeitura do RJ_Divulgação

O prefeito ressaltou a importância de Mac Dowell na implantação e modernização do transporte de massa, especialmente as linhas 1 e 2 do metrô. “Todos podem imaginar o que representa em volume de obra e o que requer de soluções técnicas, inéditas e criativas, a construção de imensas galerias subterrâneas em uma cidade altamente urbanizada, e que não pode parar, para tornar realidade um complexo sistema como o nosso, no qual milhões de passageiros viajam com segurança em trens velozes e modernos. As linhas 1 e 2 do metrô do Rio foram no passado o seu desafio; hoje são a sua realização e, para sempre, serão o marco de sua capacidade intelectual e moral”.

Crivella também destacou a projeção do vice-prefeito no cenário nacional e internacional de obras públicas. “Foi tão notório o volume de sua obra no metrô do Rio, que essa façanha o projetou nacional e internacionalmente. Ele foi convidado a prestar serviços e elaborou estudos para a rede de transporte e fluidez no trânsito em várias cidades do Brasil e em outros países, como Uruguai, Bolívia, Paraguai e Peru. Era um dos especialistas em transportes mais respeitados do país, com extenso currículo acadêmico”.

O prefeito disse que as obras do vice-prefeito podem ser notadas em toda a cidade. “Por onde andarmos em nossa cidade – nestes dias difíceis de violência e corrupção, que a todos entristece, humilha e envergonha -, seja na imensidão dos trilhos do metrô, seja na Autoestrada Lagoa- Barra, seja na Linha Amarela, haveremos de lembrar-nos do Fernando Mac Dowell que nelas colocou a nobreza do seu caráter à disposição de todos. Não há um só registro de uma atitude violenta ou um escândalo de corrupção que manche sua biografia exemplar”.

Crivella falou que Mac Dowell foi um extraordinário carioca que soube cumprir com grandeza a sua missão. “É assim que, com admiração, respeito, gratidão e o apreço de todos nós, o vimos subir os degraus do Panteon dos Nobres de nossa amada cidade do Rio de Janeiro, onde ficará para sempre velado pela nossa gratidão e a reverência de todos os que hoje andam pelas avenidas e pelos trens que ele, com sua inteligência, criatividade, honestidade e competência nos legou para sempre”.




%d blogueiros gostam disto: