Prefeitura edita decreto que mantém teto salarial de servidores de SP

Decreto publicado hoje (8) pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), estabelece que o teto salarial pago na administração paulistana fica mantido no valor de R$ 24.165,87, a remuneração do chefe do Executivo Municipal.

A medida evita possível aumento de cerca de R$ 35 milhões ao ano nos gastos da prefeitura, após a aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC), na Assembleia Legislativa. Os deputados estaduais tinham aprovado aumento no teto salarial do servidor público estadual, de R$ 21.631,05 para R$ 30.471,11.

O prefeito publicou o decreto para evitar eventuais reflexos da PEC no teto do funcionalismo paulistano, pois o texto aprovado abrange o poderes Judiciário, Legislativo e Executivos municipais. A PEC ainda não foi sancionada pelo governador de São Paulo, Márcio França (PSB), que poderá vetar a proposta anterior, aprovada por 67 votos favoráveis de deputados estaduais paulistas e quatro votos contrários.




%d blogueiros gostam disto: